A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

UNESCO QUER METADE DA POPULAÇÃO MUNDIAL HOMOSSEXUAL

O mundo caminha para sua auto-destruição.

Ennio Antonelli - queverdadeeessa.com"O ‘ministro’ da família no governo do Papa, o Cardeal Antonelli, me disse há poucos dias em Saragoza que a UNESCO tem agendada para os próximos 20 anos fazer com que a metade da população mundial seja homossexual. Para isso, através de vários programas, será a introdução da ideologia de gênero que já está presenteem nossas escolas."


Esta é a conspiração global que defende o bispo de Córdoba, Demetrio Fernández. Ele fez no último domingo, 26 de dezembro, na homilia que proferiu na missa da Sagrada Família. E, além disso, diz o Cardeal Ennio Antonelli, como o primeiro autor da "teoria da conspiração" da agência da ONU para as crianças.

Demetrio Fernández disse que a Igreja "não pretende impor à ninguém sua visão da vida e da família, mas pede respeito à visão que temos recebido de Deus e está inscrita na natureza humana."

"Isso é, de acordo com a ideologia de gênero", diz o bispo – não iria nascer um macho ou fêmea, mas ele escolhe de acordo com seu capricho, e pode mudar de acordo com o sexo sempre que quiserem. "Ele conclui: "Aqui está o ‘conquista’ mais recente de uma cultura que quer romper completamente com Deus, o Deus Criador, que colocou em nossa natureza a distinção entre homem e mulher."

O bispo encerrou sua homilia arengando os arquivos: "Este não é o momento para lamentar, mas de conhecer bem quais são os ataques a este bem precioso, de viver com lucidez e com coerência diante do que temos recebido de Deus, por lei natural ou por lei revelada."

FONTE: Angelo Medrado.

COMENTÁRIO: Esta informação não procede diretamente da UNESCO, mas parece ser esta a tendência atual. Veja este vídeo: