A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O direito à primogenitura de Cristo

Colossenses 1:15-16 NTLH: Ele, o primeiro Filho, é a revelação visível do Deus invisível; ele é superior a todas as coisas criadas. Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu e na terra, tanto o que se vê como o que não se vê, inclusive todos os poderes espirituais, as forças, os governos e as autoridades. Por meio dele e para ele, Deus criou todo o Universo.

*Antes de ser o primogênito, Jesus era o unigênito, o único. Precisou existir como homem, para encabeçar uma raça composta de seres humanos, a qual recebeu o título de filhos de Deus.

Ele foi o primeiro homem nascido de mulher, a ser gerado pelo Espírito Santo, sendo, portanto o primogênito entre todos os filhos de Deus. Estende o título de filhos a todo que crer nele. Este Novo Nascimento é gerado pelo mesmo Espírito Santo que implantou uma semente capaz de fecundar o ventre de Maria. Na qualidade do primeiro desta raça, foi chamado de Segundo Adão, ou seja o cabeça de uma nova raça.

*Ele só foi chamado de primogênito depois que um povo, constituído por renascidos, passou a existir.
"... todos que nele creram foram chamados de Filhos de Deus (Jo 3.16).

*Do mesmo modo só se tornou Judeu depois que Abraão inaugurou a nação, mas a sua existência precedia ao maior de todos os patriarcas. 'Eu afirmo a vocês que isto é verdade: antes de Abraão nascer, “ Eu Sou ”! — respondeu Jesus" (Jo 8.58).

*Jesus só foi chamado de Rei dos Judeus depois que Israel adotou a monarquia, no entanto, ele já reinava desde a fundação do mundo e reinará para sempre. A condição precede a existência do título."Mas a respeito do Filho ele disse: “O teu Reino, ó Deus, vai durar para todo o sempre. Tu governarás o teu povo com justiça (Hb 1.8).

Nossa eternidade tem no nascimento a sua data de inauguração. Jesus não foi inaugurado no dia em que saiu do ventre de Maria, sua eternidade tem passado e tem futuro. O tempo é apenas um intervalo entre a eternidade passada e a eternidade futura.

Sua primogenitura era uma condição, anterior ao seu registro na Terra. Não nasceu, em sentido lato, ele encarnou. Jesus recebeu o título de segundo Adão, mas não veio a existir depois do primeiro, estava lá antes e foi ele quem o criou.

Cl 1:16: Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu e na terra, tanto o que se vê como o que não se vê, inclusive todos os poderes espirituais, as forças, os governos e as autoridades. Por meio dele e para ele, Deus criou todo o Universo.

Ubirajara Crespo