A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Deus sabe quem ele é

Deus tem DNA ?

Até agora, nenhum cientista conseguiu ler ou decifrar a engenharia genética de Deus. Muito provavelmente o material que compõe a sua essência é bem diferente do nosso, pois é de ordem espiritual.

Deus não foi criado no mundo espiritual, pois não teve origem e nem foi criado, pois a tudo precede e tudo dele procede. Não foi gerado por algum acidente cósmico ou pelo Big Bang, pois antes dele não havia algo que pudesse ser explodido e nem sequer havia o antes e o depois.

Se ele é Amor, Espírito, Verdade, Vida e Luz, na sua constituição predomina o intangível e não o tangível, como ocorre conosco. Como um ser imanente, ocupa o mesmo espaço ocupado pela sua criação, e mais alguma coisa, mas sem ser parte dela. Caso contrário, não seria o seu criador, mas a sua criatura.

Para vê-lo, precisamos ser como ele é, uma transformação que não depende de nós, pois não o conhecemos perfeitamente, nem temos como o manipular, embora dele procedamos, vivamos, moremos e existamos. Se queremos ver a Deus, precisamos acrescentar a nossa matéria, o mesmo composto imaterial encontrado em Deus.

Sabemos que ele transmite as mesmas características que o identificam e o marcam: paz, alegria, misericórdia, verdade, espiritualidade. Para tanto, não precisamos apenas ser capazes de amar, mas de ser amor, não basta realizar gestos esporádicos de misericórdia, mas de sermos a própria personificação da misericórdia.

O mesmo vale para as demais qualidades que nos fazem ser como ele é, e não apenas ter o que ele tem. O nosso alvo supremo é ser como ele, mas não do jeito proposto pela serpente, mas por ele.

Entendeu?
Não?
Eu também, portanto vamos caminhar juntos nesta mesma direção.

Ubirajara Crespo