A Nova Direção proposta aqui é uma retomada de rumos já tomados pela Igreja. resgatar valores antigos, mas sem perder o contato com a realidade atual. A mensagem de Jesus continuará relevante, mesmo que seque a erva e murche a flor.
Tudo o que vem dele, é permanente.
O amor de Cristo por nós, sua Palavra, suas promessas e sua posição única no topo do universo, continuam sendo as mesmas, aconteça o que acontecer na base. Se for preciso, vamos mudar o rumo e voltar atrás, para bem longe da cauda.
Mostrando postagens com marcador gay. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador gay. Mostrar todas as postagens

domingo, 24 de setembro de 2017

A Ideologia do Gênero infiltrada na família

Há sempre um motivo sórdido não divulgado, por detrás de ideologias consideradas como avançadas.
Vou falar a respeito da Ideologia da Moda: o gênero.

Cresci em uma sociedade onde o gênero era tratado como uma manifestação muito natural e expontânea. Não precisava ser ensinado, domado, pressionado ou redirecionado. Fluia naturalmente sem ajuda de fora, sem pressão de pessoas, que tentam impor a sua ideologia. Tentam arrombar a porta das nossas casas e se sobrepor a influência paterna.

A tentativa de pressionar um congresso subornável a aprovar leis impositivas é golpe baixo e um desrespeito ao nosso direito de livre escolha. Seja qual for a escolha feita por nossos filhos, continuaremos amando-os e jamais serão rejeitados no nosso convívio familiar na nossa igreja, no nosso trabalho e das nossas conversas. Eles têm o direito de escolher e de rejeitar as sugestões feitas por alguém que nunca vimos.

Não estamos pedindo a sua ajuda na educação sexual de nossos filhos. Concentrem a sua doutrinação naqueles que a pedirem. Não lhes perguntamos nada sobre este assunto, somos movidos pela nossa fé e crença no que a Bíblia diz.

Nossos filhos crescem em ambiente saudável, amoroso e direcionado. Estão muito felizes, formaram famílias saudáveis e não queremos suas respostas para perguntas que nunca lhes fizemos.

Deixem a gente em paz, e nem lembraremos que vocês existem. Podemos conversar sobre qualquer outro assunto, que faça parte da nossa pauta de assuntos preferidos.

Ubirajara Crespo

quinta-feira, 6 de abril de 2017

O centésimo macaco

⏩Nasceu uma teoria entre os biólogos, que poderá ser usada na libertação de anomalias sexuais. 

A comunidade científica formada por inúmeros biólogos reprovou a ideologia do Gênero dizendo que ninguém nasce com gênero, mas com sexo (masculino ou feminino). A tendência é acreditar, que as anomalias biológicas, que justificariam algum tipo de intervenção cirúrgica, são raríssimas.

Alguns destes biólogos, dentre eles Shedrake e Ken Keyes, montaram a chamada teoria do centésimo macaco: quando um comportamento é repetido número suficiente de vezes (por isso o centésimo macaco), é criado um “campo morfogenético (ou seja, formador de formas)”. Ao atingir este número específico de afetados é disparado um gatilho que ativa o campo e ultrapassa barreiras geográficas, fazendo com que todos os indivíduos da mesma espécie em todo o mundo, adotem a mesma forma comportamental. Esta tendência foi observada, mesmo quando estes grupos não tiveram contato entre si.

Estes estudos levantaram a hipótese de estar ocorrendo algo parecido entre os humanos, empurrando a raça humana para a teoria do #gênero. É preciso dizer, que a tendência para o desenvolvimento de um terceiro sexo, cresce de forma vertiginosa, apenas entre os humanos. Entre os animais, porém, não se nota a mesma tendência. E algumas aparentes anomalias #sexuais que ocorrem entre animais como o leão, por exemplo, não afetam a sua conduta sexual. Alguns leões pertencentes a família, apenas exercem um papel masculino secundário, cuidando da segurança da manada. Provavelmente porque o número de anormalidades, entre eles não atingiu o ponto de detonação desta tendência.

⏩ Muitos destes cientistas, acreditam que as cirurgias de mudança de sexo, sustentadado por coquetéis químicos, provocam alterações apenas aparentes. Não transformam o homem em mulher e vice versa. O que era #masculino ou feminino, foi transformado em neutro, trans, bi e o que mais aparecer.

⏩ A primeira atitude nossa é admitir que a formação do Campo Morfológico ainda é uma teoria. Sabemos porém, que sociedades permissivas incentivam a prática de desvios sexuais (heteros, bi, trans e neutros), aumentando o alcance de práticas dissociativas para muito mais de "cem macacos". Quanto maior for o número de adeptos de determinada prática, maior será o alcance de aumentar o número de adeptos das mais diversas perversões comportamentais. Teoricamente, isto criaria múltiplos focos de contaminação e também teoricamente a redução deste tipo de população, diminuiria o alcance destas perversões. 

⏩ Setores mais radicais da Igreja apenas condenam o homossexuais ao inferno, mas não lhes mostrar como readquirir a identidade sexual perdida. Há, porém, um remanescente, que tomados de amor por este grupo, lhes oferece, sem insistência, uma definição sexual especificada.

Ubirajara Crespo